SAMBA ENREDO 2016
Presidente : Tatiana Irineu
Carnavalesco : Julio Cesar Farias
Enredo : Pelo Engenho de Dentro, eu me Arranco!
Compositores : Luiz Fernando, Fábio Maciel, Nego Vinny, Alexandre Pitt e Júlio Cesar do Táxi
Intérprete : Anderson Bala
Grupo: B Colocação: 15º


Ao viajar pela história
Começando a trajetória no Brasil Colonial
Da Cana de Açúcar o Engenho
Enredo desse carnaval
A ferrovia trouxe a evolução
Baronesa é soberana
Tem loucura suburbana
Avisto a Serra dos Pretos Forros
Gente guerreira e feliz habita o morro

Atabaques, procissão, romaria
Sincretismo e magia, um canto de fé
Nossa Senhora da Conceição
Traz a escola em sua devoção

A Arquitetura resiste
Lazer e cultura, trabalho social
Portuga, desce mais uma gelada
Quem faz tudo por você
No comércio é especial
Eu vou pela via expressa
Às compras, à praia, torcer no Engenhão
Malhei Judas, brinquei de pé no chão
De portas abertas recebi
O Samba no meu coração

Com Chave de Ouro, Fechando a Folia
O Nosso Falcão Contagia
No Engenho de Dentro a Águia o Batizou
O Arranco é Todo Amor!