SAMBA ENREDO 1986
Presidente : Hélcio Aguiar
Carnavalesco : José Eugênio
Enredo : Sai mais uma
Compositores : Juan, Silvio Paulo e Nilson
Intérprete : Silvio Paulo
Grupo: A Colocação: 6º


Desce mais uma meu senhor,
Que a primeira não deu pra sentir sabor...
Vou me embriagar na fantasia,
Extravasar a ilusão nesta folia. (eu sou)

Eu sou um sonhador!
Deixa eu beber, quero desabafar
Esquecer meu dia-a-dia
Tô me lixando pro que vão falar. (oi)

Fulano disse que o sicrano já sabia
E até chamava o Ricardão quando saia
E que o beltrano é um tremendo "171"
Num botequim o que mais tem é zum-zum-zum

(mas chora)

Chora, chorão!
Estanca o sangue desse pobre coração:
Uma cachaça e um limão
São o bastante pra matar a solidão

De gole em gole, sem ter compromisso,
Vem pra cá morena, vamos morrer disso
Que não dá pra confiar na seleção...
Desde "70", é só desilusão
Tira o copo da democracia
Pra que não beba como a inflação

(amanhã)

Amanhã quando a ressaca passar,
Volto pros bares da vida, pra novamente sonhar

Soma a saideira
Acho bom saber:
Se tem roubalheira,
Não vai receber