SAMBA ENREDO 1979
Presidente : Ayrton da Motta Azevedo
Carnavalesco : Geraldo Cavalcanti
Enredo : Quem conta um conto aumenta um ponto
Compositores : Juan e Nylson
Intérprete : Paulo Samara
Grupo: A Colocação: 4º


Contam que na voz de um violeiro
Detalhes acrescentam mais um ponto
Ao amor de um rico forasteiro
Por uma condessa em mais um conto
Meu Arranco é luz, mistério e paz
E um grande enredo agora traz
Vem contar seu conto
E nesse conto um ponto a mais

É a viagem, é kabuki, é jardim
É o centauro, a ninfa, é o mandarim

Num palácio em Atenas
A mais linda donzela vivia
E uma vez por ano apenas
Ao seu povo aparecia
Encantos de uma deusa
Fizeram João Batista
Comprar o retrato de Creusa
Para o Irmão Evangelista

Mãos misteriosas construíram um pavão
Fechado era uma caixa e aberto um avião

Das folhas de uma palmeira
Na mais estranha nave decolou
E libertando a amada prisioneira
Seus dotes e riquezas conquistou

É bico, é pena, é leque, fogo no olhar
É fantasia, é o mistério a brilhar